Archive for 10 Maio 2011


.

"O que me mata é o cotidiano.Eu queria só exceções."