Comments Off

Busca


.


Quantos poetas precisarei buscar para inspirar-me?
Quantas vozes?
Cecília, Drummond,Vinícius, Adélia...São tantos mestres.
Senti-los até o último suspiro enche-me de esperanças.
Devaneios, ilusões, uma fome de poesia que não passa.
Mas não quero que passe.
Quero a sede e quero a fome.
Quero a busca e raros encontros.
Uma eternidade de versos, sonetos e quartetos.
E eu perdida em minhas vãs palavras...


Andréia

Comments are closed.