Archive for 05 Julho 2010

Sabedoria.


.


Não te irrites por mais que te fizerem...
Estuda, a frio, o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio.


Mário Quintana
 


Julho


.

A primavera chega para mim em julho.Recebo este mês com  tranquilidade e melancolia.Sou complicada assim: uma mistura de felicidade e gratidão pelos anos vividos, pelos presentes divinos,pelas pedras no caminho, sopro de saudade, amor... muito amor.Quisera eu ser mais exata, ponderada.Não ter nenhuma gota de insanidade, nem palavras que jamais serão ditas.Mas sou assim: perfeita, imperfeita, sou eu.Feliz idade. 










"Meu Deus, me dê a coragem de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites, todos vazios de Tua presença. Me dê a coragem de considerar esse vazio como uma plenitude. Faça com que eu seja a Tua amante humilde, entrelaçada a Ti em êxtase. Faça com que eu possa falar com este vazio tremendo e receber como resposta o amor materno que nutre e embala. Faça com que eu tenha a coragem de Te amar, sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo. Faça com que a solidão não me destrua. Faça com que minha solidão me sirva de companhia. Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar. Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo. Receba em teus braços meu pecado de pensar."(Clarice Lispector)

No caminho... com Maiakovski.


.






Dedução

Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.