Archive for 07/10


.






  Ah, como os mais simples homens são doentes e confusos e estúpidos ao pé da clara simplicidade e saúde em existir das árvores e das plantas.Sejamos simples e calmos, como os regatos e as árvores, e Deus amar-nos-á fazendo de nós belos como as árvores e os regatos, e dar-nos-á verdor na sua primavera, e um rio aonde ir ter quando acabemos.(Alberto Caeiro)








Os ipês amarelos estão floridos...Quanta graça e beleza! Uma beleza efêmera que traduz a presença de Deus.

Ostra feliz não faz pérola - Rubem Alves


.


"(...)Tragédia era tragédia.Não existia para eles como existia para os cristãos, um céu onde a tragédia seria transformada em comédia.Ele se perguntou então das razões por que os gregos, sendo dominados por esse sentimento trágico da vida, não sucumbiram ao pessimismo.A resposta que encontrou foi da mesma ostra que faz uma pérola:eles não se entregaram ao pessimismo porque foram capazes de transformar a tragédia em beleza.A beleza não elimina a tragédia, mas a torna suportável.A felicidade é um dom que deve ser simplesmente gozado.Ela se basta.Mas ela não cria.Não produz pérolas.São os que sofrem que produzem a beleza, para parar de sofrer.Esses são os artistas.Beethoven - como é possível que um homem completamente surdo, no fim da vida, tenha produzido uma obra que canta a alegria? Van gogh, Cecília Meireles, Fernando Pessoa..."


.

Você já experimentou ficar boiando no mar? O corpo todo solto, sem fazer nada, nenhum movimento, subindo e descendo ao sabor das ondas?Pois é assim que se lê poesia : flutuando ao sabor das palavras, sem pressa, em voz alta, poesia é música.


Rubem Alves

Ontem ao luar.


.

Composta por Catulo da Paixão Cearense, na linda voz de Marisa Monte. Para românticos incuráveis, uma letra de "tirar o fôlego".

insatisfação!


.

Clarice Lispector


.

O blog Clarice Lispector está em festa: 300 mil visitas!!!!!O selo "para todos os  que sentem Clarice " está disponível.
Cada vez que leio um texto, uma frase, um livro de Clarice Lispector, a magia que ela exerce sobre mim se renova e acho isso encantador.


Pedido de adoção


.


Estou com muita saudade
 de ter mãe
pele vincada
cabelos para trás,
os dedos cheios de nós,
tão velha,
quase podendo ser a mãe de Deus
-não fosse tão pecadora.
Mas esta velha sou eu,
minha mãe morreu moça,
os olhos cheios de brilho,
a cara cheia de susto.
Ó meu Deus, pensava
que só de crianças falava:
as órfãs.

Adélia Prado em Oráculos de maio

"já não festejo o dia dos meus anos. nem o dia nem os anos. festejo-me a mim."


.










"Há três coisas para as quais eu nasci e para as quais eu dou minha vida. Nasci para amar os outros, nasci para escrever, e nasci para criar meus filhos. O ‘amar os outros’ é tão vasto que inclui até o  perdão para mim mesma, com o que sobra. As três coisas são tão importantes que minha vida é curta para tanto. Tenho que me apressar, o tempo urge. Não posso perder um minuto do tempo que faz minha vida. Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca [...].”



Sabedoria.


.


Não te irrites por mais que te fizerem...
Estuda, a frio, o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio.


Mário Quintana
 


Julho


.

A primavera chega para mim em julho.Recebo este mês com  tranquilidade e melancolia.Sou complicada assim: uma mistura de felicidade e gratidão pelos anos vividos, pelos presentes divinos,pelas pedras no caminho, sopro de saudade, amor... muito amor.Quisera eu ser mais exata, ponderada.Não ter nenhuma gota de insanidade, nem palavras que jamais serão ditas.Mas sou assim: perfeita, imperfeita, sou eu.Feliz idade. 










"Meu Deus, me dê a coragem de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites, todos vazios de Tua presença. Me dê a coragem de considerar esse vazio como uma plenitude. Faça com que eu seja a Tua amante humilde, entrelaçada a Ti em êxtase. Faça com que eu possa falar com este vazio tremendo e receber como resposta o amor materno que nutre e embala. Faça com que eu tenha a coragem de Te amar, sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo. Faça com que a solidão não me destrua. Faça com que minha solidão me sirva de companhia. Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar. Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo. Receba em teus braços meu pecado de pensar."(Clarice Lispector)

No caminho... com Maiakovski.


.






Dedução

Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.