"Gosto de dizer. Direi melhor: gosto de palavrar."


.





Contrária  aos meus sentimentos, sinto que gritar agora é inútil.
Não gosto dos meus silêncios.
Mas tenho-os, pois já não tenho escolha.
Minha voz se cala, e a tal ponto a garganta se fecha, que já não encontro mais as palavras.
Até escandalizar está difícil.Meu vocabulário vazio.
Assim como a alma cansada espera o repouso, sigo fatigada dos meus lamentos.
Não há mais nada a perder.

Andréia Souto

Your Reply