DEZEMBRO


.



Ele chega naturalmente cansado.Tão rápido e tão tumultuado, que fatalmente lembro-me das palavras de Drummond onde a necessidade de recomeçar tudo de novo, faz com que alguém tenha a ideia de cortar o tempo em fatias, sendo que doze meses é tempo demais e já estamos no limite da exaustão.Junto com esta atribulação toda, sobra-nos no coração, todos os sentimentos de renovação, bondade e fé que o Natal e o Ano Novo carregam consigo.Cansamos, é verdade, mas a esperança de que os dias serão melhores não se perde.E vamos caminhando, seguindo nosso caminho, desenhando nossa história.C'est la vie...

Your Reply