SAUDADE...


.








"Dói, um pouco. Não mais uma ferida recente, apenas um pequeno espinho de rosa, coisa assim, que você tenta arrancar da palma da mão com a ponta de uma agulha. Mas, se você não consegue extirpá-lo, o pequeno espinho pode deixar de ser uma pequena dor para transformar-se numa grande chaga."


Caio F.

One Response to “SAUDADE...”

  1. Que coisa! Escrevi um poema sobre o amor e a dor sem nunca ter lido esse e usei a mesma imagem, a da farpa...linda essa frase do Caio, tem muito a ver comigo, beijos,

Your Reply