.

"Poesia serve exatamente para  a mesma coisa que serve uma vaca no meio da calçada de uma agitada metrópole.Para alterar o curso de seu andar, para interromper um hábito, para evitar repetições, para provocar um estranhamento, para alegrar o seu dia, para fazê-lo pensar, para resgatá-lo do inferno que é  viver todo santo dia sem nenhum assombro, sem nenhum encantamento."

Martha Medeiros


One Response to “ ”

  1. Obrigada pela visita e comentário em meu blog, Déia. As "coisas de DANY" existem porque, ainda que a escrita esteja repleta de "fingidores",ela ainda é a melhor forma de nos despirmos sem sermos julgados. Seu blog tá tão lindo, gente! A Martha Medeiros é ótima, né?!! Eu amo!

    Beijão!

Your Reply